08 março 2013

Homenagem às mulheres!


Feliz dia Internacional da Mulher!
História do 8 de março
No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.
A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.
Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).


Quero homenagear cada uma de nós. A mulher que luta pelos seus direitos, que mostra que somos capazes de tudo, que trabalha fora e ainda assim trabalha em casa, cuida de marido e filhos, a mulher que nada tem de sexo frágil e que persiste em acreditar na felicidade pois ela é possível, sim. Mas também às mulheres que ainda não descobriram que é possível não só a felicidade mas também a liberdade. Pois muitas ainda vivem escravas de preconceitos e violência, infelizmente.
Agradeço a todas as mulheres que nos antecederam, são tantos nomes: 
E tantas outras pioneiras que por sua luta e dedicação nos abriram portas e desbravaram  caminhos antes totalmente exclusivos aos homens.

E no post de hoje também quero mostrar uma outra pioneira, talvez uma das primeiras. No dia 8 de julho de 1593 em Nápoles nasceu Artemísia Gentileschi, uma pintora italiana.

Filha do Pintor Orazio Gentileschi, foi uma das únicas mulheres mencionadas  no ramo da  pintura artística no período barroco, sendo a primeira a possuir uma posição privilegiada. Dedicou-se a temas trágicos em que suas personagens femininas representavam papéis de heroínas.
A jovem pintora foi violentada aos 17 anos por Agostino Tassi, um assistente do ateliê do seu pai, e, não podendo ficar em Roma, foi arranjado um casamento de conveniência. Humilhada pela Igreja, ela partiu rumo à Florença, onde descobriu uma vida empolgante no mundo das artes na itália do século XVII e, com o crescente sucesso de suas obras, tornou-se a primeira mulher a entrar para a Academia de Arte de Florença.
Algumas de suas pinturas:



Parabéns para todas nós, filhas, mães, irmãs, avós, trabalhadoras e lutadoras,
MULHERES!

6 comentários:

  1. Que post lindo!
    Essas mulheres devem ser vistas como exemplo e suas histórias devem ser honradas por todas nós!

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo nosso dia! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo nosso dia!
    E parabéns pela bonita e instrutiva homenagem!
    Artemísia Gentileschi, muito interessante! Amei as imagens!
    Vivendo e aprendendo...
    Muito obrigada!

    Bjksss

    ResponderExcluir
  4. Linda postagem, uma bela homenagem a essas guerreiras famosas e as anônimas como nós.Parabéns também a você.Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari, felicitações (um pouco atrasado) pelo dia das mulheres.
    Pow, não conhecia esta pintora. Legal.

    Abraços e paz.

    ResponderExcluir
  6. Foi ontem ,as continua hoje, Parabéns pelo Dia da Mulher!
    obrigada por compartilhar essas ,mulheres tão valorosas.
    tenha um bom fim de semana
    bj
    Zizi

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! Ficarei muito feliz com sua participação.

Veja também